“Tô sabendo de um trem novo em BH, sô. É a GX2 que chegou, uai!”

A GX2 inaugurou em novembro sua nova filial, em Belo Horizonte – MG. Completando 10 anos de mercado, a empresa iniciou no começo de 2019 o seu programa de expansão, que visa obter tanto o aumento de market share no mercado brasileiro quanto estruturação para atuação no mercado internacional. Para o crescimento nacional, a empresa expandiu seus negócios, além do Rio Grande do Sul e São Paulo, para o mercado de Minas Gerais, tendo Belo Horizonte como um ponto estratégico para seu plano de expansão.

A economia da região, assim como em outros locais em franco desenvolvimento, está vivenciando de forma intensa o processo de transformação digital e existe uma alta demanda por soluções de TI – experiência do cliente, inteligência artificial, machine learning, analytics, bots, automação, aplicativos mobile e mais. Além disso, há uma busca pela definição de uma cultura digital, cultura Agile e DevOps dentro das empresas – cultura essa que já faz parte do DNA da GX2.

No mercado mineiro, alguns setores têm se destacado como vetores de inovação e desenvolvimento econômico, dentre os quais podemos destacar o setor financeiro (bancos, seguradoras e fintechs), mineração e siderúrgica, mercado automotivo e o ecossistema de startups – que além de destaque em qualidade e resultados, tem ganhado reconhecimento internacional. É neste contexto, repleto de oportunidades e desafios, que a GX2 busca conquistar novos clientes, ampliar seu território de atuação e desenvolver continuamente seu capital humano e tecnológico.

Além da nova casa, passa a integrar o time para liderar a nova operação mineira Bruno Hostalácio, executivo de tecnologia com mais de 15 anos de experiência de mercado. A conexão veio através de um relacionamento do passado com a GX2, atuando como CIO da Tracbel, Bruno contou com a parceira de negócios da GX2 por muitos anos. Em 2009, no primeiro ano da GX2, foi dado início a esta parceria para execução de projetos de desenvolvimento de software e transformação digital. Bruno acompanhou a trajetória de atendimento por todos esses anos e nessa relação profissional de muita confiança, em conversa com Luiz Garcia, CEO da GX2, surgiu a possibilidade de parceria para consolidar a atuação da GX2 no mercado mineiro.

“Momentos assim nos mostram que fazer um bom trabalho desde o início faz com que colhamos frutos não só no momento, mas também no futuro. Esse relacionamento que iniciou em 2009 culminou agora em uma parceria para abertura de uma nova filial GX2, e com certeza não estaria acontecendo se não fosse a confiança, satisfação no nosso trabalho e qualidade que entregamos em todos os anos como parceiros de nossos clientes.”, diz Luiz Garcia.

“Assumir a liderança da operação GX2 em Belo Horizonte neste momento, onde a economia do Estado aposta e demanda fortemente por iniciativas de transformação digital e desenvolvimento de software, é um privilégio. A história de sucesso, maturidade e compromisso com o resultado de seus clientes que a GX2 possui me permitirá usar minha experiência em tecnologia aplicada ao negócio, neste período crucial para a economia de Minas e para o setor de tecnologia da informação.”, complementa Bruno Hostalácio.

A previsão para faturamento da nova sede mineira da GX2 é de atingir 3,2 milhões de reais em 2020 e alcançar um crescimento de 60% no segundo ano, atingindo 5,2 milhões de reais em faturamento. Esta nova sede é apenas mais um passo no plano de expansão da GX2, que visa a entrada agora também em mercados internacionais.