Você muito provavelmente sabe o que é coaching. Mas sabe o que é coachability?

Coachability é a capacidade de receber um feedback e utilizar isso para o seu crescimento, aplicando o que foi aprendido de maneira a melhorar seu desempenho. O ponto principal é conseguir absorver a mensagem passada e entender a crítica construtiva, usando isso a seu favor.

Ao recebermos um feedback, uma crítica ou mesmo uma sugestão, a forma como encaramos isso influencia diretamente a nossa performance. Quando nos fechamos ao ouvir algo negativo sobre nosso trabalho e deixamos “entrar por um ouvido e sair pelo outro”, ou ainda, levamos para o lado pessoal e não aceitamos os argumentos e visão dos nossos líderes, perdemos a oportunidade de crescermos.

Adaptar o comportamento de acordo com o que foi recebido é a melhor maneira de estar aberto à evolução pessoal e profissional. Seja com um feedback positivo, ao entendermos o que está sendo feito bem para continuarmos agindo dessa maneira, ou um feedback negativo, onde podemos entender como melhorar.

Assim, ter coachability faz com que você sempre busque o melhor de si, como pessoa e como profissional, tendo um desempenho cada vez melhor. O primeiro passo é rever a sua recepção às críticas e feedbacks e trabalhar isso de forma que impacte positivamente nos seus resultados.

E nas empresas?

Falando no meio profissional, pelos olhos da empresa, é muito importante identificar a habilidade coachability nos seus funcionários, especialmente na hora da contratação. Ter funcionários com essa característica subentende um crescimento contínuo da equipe, já que o colaborador vai aplicar isso ao seu trabalho.

Durante o processo de contratação deve ser implementada uma etapa de avaliação que inclua a identificação de coachability. Avaliar se o entrevistado está interessado no seu próprio crescimento assim como o da equipe, se está aberto a novos pontos de vista, assumir a culpa pelos seus erros e estar aberto a feedbacks são alguns pontos que demonstram coachability.

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância do coachability nos seus colaboradores, lembre-se que dificilmente você irá ter que demitir um funcionário por conta de suas hard skills: você já sabe quais são suas habilidades técnicas desde antes da contratação, e sabe se ele atende os seus requisitos. Normalmente, o problema se dá nas soft skills: sociabilidade, comportamento, e claro, coachability.

Isso é algo que já implementamos aqui na GX2, e buscamos essa característica nos nossos colaboradores, sejam eles da fábrica de software ou de outsourcing. É algo em que acreditamos. Tivemos, na edição de junho/2019 do GX2 Talks, um papo sobre outsourcing e esse tema foi abordado como um de nossos diferenciais de nossos profissionais, pois mapeamos essa habilidade no nosso processo de seleção. Dá uma olhada em como foi o evento no post GX2 Talks #junho19.